Espaços distribuídos

“Mas fora dos distritos da Universidade um outro tipo da produção do conhecimento está indo sobre todo o tempo. Concordo que nem sempre é rigoroso], mas devo lembrar a um filósofo marxista que os conhecimentos foram e ainda são formados fora dos procedimentos acadêmicos. Nem estes foram, no teste de prática, negligenciáveis. Eles têm auxiliado homens e mulheres a lavrar os campos, a construir casas, a apoiar organizações sociais elaboradas, e até, ocasionalmente, a desafiar eficazmente as conclusões do pensamento acadêmico. ”  E.P. Thompson, a pobreza da teoria. 1978

Espaços distribuídos baseia-se no desafio do historiador marxista britânico E.P. Thompson para a hegemonia da produção de conhecimento institucional. A este respeito, o conhecimento é contraposto – compreendido como descentralizado e tomado em sua forma dinâmica “vivida”, dispersa nas ruas e nas favelas e nas casas ocupadas de São Paulo e em outros lugares.

Com um ônus sobre autonomia e autorepresentação, cada “espaço” distribuído oferece a sua própria história (por exemplo, luta social, produção cultural, programas educacionais) com vista a compartilhar recursos e know-how.  Os espaços listados aqui se reuniram em São Paulo, Brasil em dezembro de 2018 com esses principais diretores em mente.

À chegada em São Paulo o grupo visitante de Londres, preparado para um revezamento de oito dias em torno da cidade e subúrbios. Como introdução, eles participaram de uma primeira vez reunindo para favela e ocupados representantes da habitação para compartilhar informações sobre cada um dos outros redes e bairros.

Esta lista segue a distribuição dos kits de ferramentas Mazi do Reverso personalizados na sequência de oficinas diárias nos respectivos centros sociais.

Reverso 01 – Casa Redonda the Morro do Macaco favela
PI, solarPV/bateria, micro cabos do USB, USB da WLAN, carregador do USB 5V-3.1 amp.

Reversão 02 – IIEP – 5 de Dezembro
Iniciativa de investigação centrada nas histórias da União e luta dos trabalhadores.
PI, solarPV, bateria do USB, micro cabos dos e.u., USB da WLAN, 5V.

Reverso 03 – Ocupação Mauá – 6 de Dezembro
Moradia ocupada no centro de São Paulo
PI, solarPV, bateria do USB, micro cabos dos e.u., USB da WLAN, 5V.

Reversão 04 – Perifatividade – 7 de Dezembro
coletividade na favela jardim Bristol
PI, solarPV, bateria do USB, micro cabos dos e.u., USB da WLAN, carregador do USB 5V-3.1 amp.

Reverso 05 – Associação Cultural – 8 de Dezembro
Centro social na favela vila Nelson Cruz
PI, solarPV, bateria do USB, micro cabos dos e.u., USB da WLAN, carregador do USB 5V-3.1 amp.

Reverso 06 – Arte Maloqueira – 9 de Dezembro
Ação e cultura comunitárias na favela Chabilandia
PI, solarPV, bateria do USB, micro cabos dos e.u., USB da WLAN, carregador do USB 5V-3.1 amp.

Reversão 07 – Movimento Cultural – 10 de Dezembro
Centro cultural no bairro Ermiliano Materrazo
PI, solarPV, bateria do USB, micro cabos dos e.u., USB da WLAN, carregador do USB 5V-3.1 amp.

Reverso 08 – Central Saint Martins

Reverso 09 – Agencia Mural – 11 de Dezembro
PI, solarPV, bateria do USB, micro cabos dos e.u., USB da WLAN, carregador do USB 5V-3.1 amp.

Reversão 10 – Escola da Cidade – 11 de Dezembro
PI, micro cabos dos e.u., USB da WLAN, carregador do USB 5V-3.1 amp.

Um compromisso mútuo de construir a confiança e o progresso tem sido feito para manter contato e continuar as colaborações e intercâmbios.

Contato mazireverso@gmail.com

http://reverso.resourceforge.org